segunda-feira, 14 de março de 2011

Uma das mais belas demonstrações de carinho


As horas exatas não sei descrever. Em torno de oito horas e alguns minutos, aproximando-se das 9 horas da manhã.Em um dia de domingo, claro, embora com um ventinho bom para caminhar. Ruas vazias, a não ser a que passam os turistas, comerciantes de artesanatos, quitandas e meia dúzia de músicos. Lá fui comprar algumas hortaliças e realizar o ritual de domingo: Ligar para papai, mamãe, irmãnzinha e preparar o almoço. Uma situação me despertou à atenção, confesso que num primeiro instante fiquei surpresa. Ao aproximar um pouco mais, deste curioso casal, sorri por dentro e pensei o quanto é bom ter uma "cia". Receber uma demonstração de carinho e amor no meio da calçada, em um final de semana, rua semi vazia, em uma cidade histórica... Apesar da vísivel diferença de idade, um aconchegante beijo e um carinhoso abraço, sustentado e correspondido por alguns segundos.Seguido de um sorriso de têmpora à têmpora de ambos. Um olhar brilhante e algumas palavras. Posteriormente passos sincronizados e tranquilos nas ruas da cidade.

Um comentário:

  1. Que lindo Nath! Parece que até andei por lá agora! rsrs! Parabéns!

    ResponderExcluir