terça-feira, 15 de maio de 2012

Até que prove o contrário
































Vou seguir à diante.
Em pensamentos e idéias vislumbrantes.
Sonhos distantes.
O coração bate em uma freqüência distinta.
Em dias e noites pulsantes.
Os espelhos da alma, de longe, brilham e refletem a doçura e limpidez de sua cor original.
Ouço cada vez mais perto a melodia que encanta e me transforma.
É só deixar, se permitir.
Que sem perceber chega e toma conta de mim.
Viajo sem rumo.
Sem parada obrigatória.
Mas na trajetória...
Menina moça de fora.
Moça-menina por dentro.
Semeando e cantando aos quatro ventos.
“Será que você vai ser a minha nova paixão.
Que vai me compreender e me dar satisfação...”

2 comentários:

  1. Ta arrebentando heim, Nati! Gosto demais do que vc escreve!! Beijão!

    ResponderExcluir
  2. Obrigada Pablo!!!
    Um dia te alcanço..hihi

    ResponderExcluir